Blog de DHJUPIC

Fraternidade da JUFRA de Penedo-AL promove atividade do Grito dos/as Excluídos/as



By  Subsecretaria Nacional de DHJUPIC da JUFRA do Brasil     17:47    Marcadores: 

No dia 15/09/2012 foi realizado no convento Santa Maria dos Anjos, em Penedo-AL, o momento formativo referente ao 18º Grito dos/as Excluídos/as. A Fraternidade Instrumentos da Paz, da JUFRA de Penedo-AL, que promoveu o encontro, onde foram convidados os quatro grupos de jovens da cidade: TLC, Servos de São José, Segue-me e ABJ (Amigos do Bom Jesus), para que juntos os jovens pudessem fazer a reflexão do tema do Grito. O material utilizado foi o preparado pela Equipe do Grito do Vale do Jaguaribe-CE.


Durante o Encontro, foram usadas três palavras para fazer a montagem de um mural: Segurança, Saúde e Educação. Neste momento, os grupos tinham que usar da criatividade para transferir o que eles pensavam sobre o tema, mostrando assim o Estado, o País que queriam, ou seja, um Estado a serviço da nação.


Pelo sucesso que foi a montagem do mural, foi decidido expor o mesmo na Praça Barão do Penedo, em frente à Câmara e à Prefeitura da cidade, no dia 15 de novembro, como um sinal do Brasil que nós queremos.


Vale salientar que a cidade há alguns anos não realiza o Grito dos/as Excluídos/as, sendo reanimado em 2012 por iniciativa da JUFRA. Esperemos que nos próximos anos tenhamos um Grito dos/as Excluídos/as cada vez mais forte!


O momento de formação e apresentação do Grito aos jovens da cidade valeu muito à pena! Sobretudo por que foi pensado e preparado por uma equipe: Washington, Maísa, Monise, Márcio e Frei Alexandre.

Washington Lima dos Santos
Subsecretário Local e Regional de DHJUPIC
Penedo-AL - Regional NE B1 (PE/AL)

Sobre Subsecretaria Nacional de DHJUPIC da JUFRA do Brasil

A Juventude Franciscana (JUFRA) é uma proposta de vivência cristã destinada a jovens que, por vocação, carisma ou índole, se comprometem com o ideal de vida inspirado na espiritualidade franciscana A JUFRA é, ou deve ser, um monte de gente nesse mundão a fora, que tomou consciência de que: primeiro, deve esforçar-se para melhorar o mundo; segundo, que a melhora do mundo começa a partir de si mesmo; e que é preciso no mundo uma escola que ajude as pessoas a tomarem consciência disso. (Essa escola é a própria JUFRA) A JUFRA tem estilo e características próprias. Por isso nessa fraternidade de jovens, os jufristas assumem todos os deveres e, por conseguinte, gozam de todos os direitos inerentes ao compromisso franciscano de vida secular Segundo o Estatuto da JUFRA do Brasil, ela é uma associação civil com caráter e objetivos dentro exclusivamente dos campos Religioso, Educacional e Social.

Nenhum comentário: