Blog de DHJUPIC

Juventude Franciscana participa e agita o 17º Grito dos/as Excluídos/as promovido pela Arquidiocese de Aracaju-SE



By  Subsecretaria Nacional de DHJUPIC da JUFRA do Brasil     09:59    Marcadores: 
Jovens da Fraternidade Irmão Menor, do Parque dos Faróis da Cidade de Nossa Senhora do Socorro (região metropolitana de Aracaju-SE), participaram pela primeira vez do “Grito dos/as Excluídos/as” promovido e organizado pela Arquidiocese de Aracaju-SE com ajuda e articulação das Pastorais, Sindicatos e Movimentos Sociais.

A concentração começou às 9hs ao lado da Catedral, com apresentações, momento de mística e espiritualidade. Em seguida a marcha do “Grito” seguiu pelas ruas do Centro e caminhou até a avenida Barão de Maruim, onde acontecia o Desfile Cívico das Escolas.

Depois de seguir em marcha protestando pelas ruas, chegamos ao encontro do desfile cívico, e após a espera a Policia Militar enfim liberou as grades que separavam a manifestação da avenida Barão de Maruim, e assim os 2 trios-elétrico e mais de 3 mini-trios tomaram a avenida, repleta de pessoas que ainda acompanhavam o fim do desfile, e todos puderam ouvir e participar desta manifestação.

A JUFRA não podia faltar por mais um ano em um momento como esse, que é um espaço oportuno para mostrarmos nossa cara e trazer para o meio do povo o jeito alegre e próprio do Carisma Franciscano, que esse ano trouxe para as ruas de Aracaju um jeito diferente de Gritar e manifestar os nossos anseios e desejos por mais justiça, educação, direito a uma Juventude Digna...

-RENDENDO VÁRIOS DESTAQUES A JUVENTUDE FRANCISCANA DE ARACAJU-SE:

Foto com Bispo Auxiliar Dom Henrrique Soares Costa, ganhou destaque nas Noticias do Site da Arquidiocese: Veja na integra a matéria clicando AQUI:

Destaque na Reportagem da 2ª Edição do Jornal da TV Sergipe, veja na íntegra a reportagem que foi ao ar na noite do dia 07/09, clicando AQUI:

Além de uma reportagem realizada e transmitida em Rede Nacional pela TV Canção Nova que acompanhou o Grito e registrou a presença e participação da JUFRA, no seu Jornal da noite no dia 07 /09, mas ainda não tivemos acesso à reportagem.

Eis o relato da jufrista Clécia, Sub Reg de Escrituração e Arquivo - Regional NE B2 (SE), extraído de e-mail enviado no dia 09/09 aos jufristas do Regional:

“Na segunda feira, depois de um empurrãozinho de Léo, decidimos que iríamos ao Grito, ao menos nós dois. Mas acreditando nos irmãos, mandei mensagens convidando a todos que tinha contato. Poucos mandaram resposta dizendo que não iriam e nenhum mandou resposta dizendo que iria... daí, Léo e eu nos preparamos e fomos para a Catedral. Para surpresa, encontramos John e Kekel, que chegou logo em seguida. Nos pintamos e preparamos alguns cartazes na cartolina com o nome da JUVENTUDE FRANCISCANA. Porém os meninos não demoraram muito e foram ver o desfile, então ficamos Léo e eu, e logo após chegou Neto. Participamos da Celebração e em seguida nos encontramos com Edimilson e Rosalvo, que por sinal, estava fazendo reportagem para Canção Nova. Daí Léo deu entrevista e filmaram nós 3 com o Bispo e Edmilson... logo após nós 3(Neto, Léo e eu) seguimos o desfile... nossa! Como agitamos com o nosso cartaz... fomos anunciados nos mini trios, tiramos muitas fotos, e pra variar a TV SErgipe ainda nos filmou e fez reportagem com Léo, quando Raquel e Thaylhane já haviam se juntado a nós... mas o que é mais interessante é que havia tantos grupos, com várias pessoas, mas apenas 3 pessoas chamaram a atenção... e sabem por quê? Por causa do nosso carisma!”.


Leonardo Augusto (Léo) - Santos-SP (em estadia em Aracaju-SE)
Sub Nac para a Área Sudeste da JUFRA do Brasil

Janiclecia Pereira (Clécia) - Aracaju-SE
Sub Reg de Escrituração e Arquivo - Regional NE B2 (SE)

Sobre Subsecretaria Nacional de DHJUPIC da JUFRA do Brasil

A Juventude Franciscana (JUFRA) é uma proposta de vivência cristã destinada a jovens que, por vocação, carisma ou índole, se comprometem com o ideal de vida inspirado na espiritualidade franciscana A JUFRA é, ou deve ser, um monte de gente nesse mundão a fora, que tomou consciência de que: primeiro, deve esforçar-se para melhorar o mundo; segundo, que a melhora do mundo começa a partir de si mesmo; e que é preciso no mundo uma escola que ajude as pessoas a tomarem consciência disso. (Essa escola é a própria JUFRA) A JUFRA tem estilo e características próprias. Por isso nessa fraternidade de jovens, os jufristas assumem todos os deveres e, por conseguinte, gozam de todos os direitos inerentes ao compromisso franciscano de vida secular Segundo o Estatuto da JUFRA do Brasil, ela é uma associação civil com caráter e objetivos dentro exclusivamente dos campos Religioso, Educacional e Social.

Nenhum comentário: