Blog de DHJUPIC

Após 7 anos, Grito dos/as Excluídos/as volta a ecoar em Itambacuri-MG por meio da Juventude Franciscana



By  Subsecretaria Nacional de DHJUPIC da JUFRA do Brasil     14:12    Marcadores: 
No dia 7 de setembro de 2011, a JUFRA, Fraternidade Santa Clara, de Itambacuri- MG, juntamente com o Setor de Juventude paroquial, o Assistente Espiritual Local Frei Anderson Teodoro e a irmã Regina Mara, promoveu o 17º Grito dos/as Excluídos/as. Demos início a caminhada às 18hs em frente à Prefeitura Municipal, percorrendo algumas ruas da nossa cidade, em direção à Capela Santa Clara, onde foi finalizada a caminhada.

O último Grito dos/as Excluídos/as na nossa cidade aconteceu em 2003. Neste ano de 2011, através de várias conversas, conseguimos realizar uma caminhada e um Grito ainda tímidos, mas que há muito tempo vinha preso na garganta de cada um de nós jufristas.

Contamos com o apoio e participação da Escola Estadual Madre Serafina de Jesus, onde os professores e professoras vêm lutando para melhores condições de trabalho e um salário justo, e com cartazes, faixas e apitos reforçou o grito. Contamos também com irmãos e irmãs da Ordem Franciscana Secular (OFS) e da nossa Comunidade.

Então com o carro de som ligado saímos em marcha em luta pela efetivação dos nossos diretos. Gritamos, também, contra o extermínio de jovens no Brasil, e por saúde e educação, e tantos outros direitos que muitos dos nossos irmãos e irmãs não têm acesso.

Por fim encerramos com uma celebração presidida pelo Diácono, Frei Anderson Teodoro, Assistente Espiritual da nossa Fraternidade.


Giseli Alves Miranda - Itambacuri-MG
Sub Reg de DHJUPIC - Regional Sudeste 1 (MG)

Raiderlony Rodrigues Guimarães - Itambacuri-MG
Secretário Fraterno Local - Fraternidade Santa Clara

Sobre Subsecretaria Nacional de DHJUPIC da JUFRA do Brasil

A Juventude Franciscana (JUFRA) é uma proposta de vivência cristã destinada a jovens que, por vocação, carisma ou índole, se comprometem com o ideal de vida inspirado na espiritualidade franciscana A JUFRA é, ou deve ser, um monte de gente nesse mundão a fora, que tomou consciência de que: primeiro, deve esforçar-se para melhorar o mundo; segundo, que a melhora do mundo começa a partir de si mesmo; e que é preciso no mundo uma escola que ajude as pessoas a tomarem consciência disso. (Essa escola é a própria JUFRA) A JUFRA tem estilo e características próprias. Por isso nessa fraternidade de jovens, os jufristas assumem todos os deveres e, por conseguinte, gozam de todos os direitos inerentes ao compromisso franciscano de vida secular Segundo o Estatuto da JUFRA do Brasil, ela é uma associação civil com caráter e objetivos dentro exclusivamente dos campos Religioso, Educacional e Social.

Nenhum comentário: